A obsessão por alimentos saudável pode fazer mal?

Pessoas com ortorexia se concentram exclusivamente no que comem; a comida é central para seus pensamentos e sua vida. Quais são seus efeitos negativos? Descubra neste artigo!

Você já ouviu falar de ortorexia? Este termo pode parecer estranho para muitos; entretanto, é assim que conhecemos a obsessão por alimentos saudáveis . Embora manter uma dieta saudável seja uma prioridade em termos de saúde, levá-la ao extremo acarreta vários riscos.

Ao contrário de outros transtornos alimentares, a ortorexia se concentra na qualidade dos alimentos, não na quantidade. A desvantagem é que isso leva a um controle muito rígido da fonte de alimentação e de seus componentes. Nós falaremos mais no resto do artigo.

O que é ortorexia ou obsessão por alimentos saudáveis?

Ortorexia, também conhecida como “ortorexia nervosa”, é o termo usado para definir a preocupação obsessiva em comer alimentos saudáveis , segundo estudo publicado no Federal Practicioner.

Quem a sofre procura evitar a todo custo produtos alimentícios que contenham corantes, conservantes, ingredientes geneticamente modificados e qualquer outra substância que considerem ruins.

Ao contrário de outros transtornos alimentares, o objetivo da pessoa não é perder peso. Em vez disso, há uma obsessão com os benefícios de manter uma dieta saudável e seguir uma dieta rigorosa de alimentos “puros”. Como resultado, leva a situações de isolamento social, culpa por alimentos menos saudáveis ​​e preferência pelo jejum.

Até hoje, essa condição ainda é desconhecida para muitas pessoas . Além disso, nem a Organização Mundial da Saúde (OMS) nem o Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais (DSM-5) o declararam oficialmente como um transtorno alimentar.

Quem são as pessoas afetadas pela ortorexia?

Qualquer pessoa pode desenvolver ortorexia; entretanto, existe uma vulnerabilidade maior naqueles que são muito rígidos e exigentes consigo  mesmos . Também é comum entre quem gosta de planejar e manter um controle rígido sobre seu estilo de vida.

De acordo com informações publicadas pela Fundação Espanhola de Nutrição, as mulheres têm maior probabilidade de sofrer deste distúrbio. Além disso, é comum em pessoas com transtorno de personalidade obsessivo-compulsiva e pessoas que praticam esportes.

Agora se voê quer emagrecer de forma saudável conheça: Ever Slim.

Quais são as causas da obsessão por alimentos saudáveis?

Até o momento, a causa exata da obsessão por alimentos saudáveis ​​não foi determinada . No entanto, tem sido associada à presença de tendências obsessivo- compulsivas e histórico de transtornos alimentares. Também se acredita que um fator de risco é ter um nível socioeconômico mais elevado.

Fontes como a revista médica Comprehensive Psychiatry também afirmam que o perfeccionismo, a ansiedade e a necessidade de controle desempenham um papel nessa situação. Além disso, foi identificado com mais frequência nas seguintes categorias profissionais:

  • Médicos e profissionais de saúde.
  • Cantores de ópera.
  • Dançarinos de balé.
  • Músicos da orquestra sinfônica.
  • Desportistas.

Sintomas e critérios diagnósticos para ortorexia

A fim de diferenciar a ortorexia de uma dieta saudável, alguns critérios diagnósticos para esse transtorno foram propostos. Eles foram revelados na revista científica Eating Behaviors e incluem o seguinte:

  • A pessoa começa a sentir necessidade de se alimentar de forma saudável e mudar seus hábitos alimentares. Assim, ela evita alimentos que considera ruins , como os que contêm gorduras e açúcares.
  • Os alimentos que a pessoa escolhe estão começando a ser mais limitados.
  • Para se alimentar de maneira cada vez mais saudável, os ortoréxicos passam horas pesquisando, planejando e preparando suas refeições.
  • Ao se desviar de suas regras impostas, eles se sentirão culpados.
  • Eles se orgulham de sua alimentação, vendo-os como opções saudáveis.
  • A mentalidade de uma alimentação “saudável” pode isolá-los dos outros.
  • Quando a ortorexia piora, as pessoas podem descartar outras atividades de seu interesse .
  • Eles têm problemas médicos, como perda excessiva de peso ou desnutrição.
  • A sua imagem corporal, a sua autoestima, a sua identidade ou a sua satisfação dependem fortemente do respeito pelas regras alimentares que se impõem.

Efeitos negativos da ortorexia

No início, querer comer de forma saudável não precisa ser ruim. Porém, o problema surge quando se torna uma obsessão

A ortorexia tem efeitos não apenas na saúde física, mas também nos níveis psicológico e social.

Consequências físicas

Por enquanto, os estudos sobre ortorexia permanecem limitados. 

No entanto, como outros transtornos alimentares, tem consequências para a saúde. 

Em particular, ao levar a uma dieta restritiva, pode levar a problemas como:

  • Desnutrição.
  • Anemia.
  • Distúrbios do ritmo cardíaco.
  • Problemas digestivos.
  • Desidratação
  • Acidose metabólica.
  • Desgaste ósseo
  • Problemas hormonais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *